FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO


WORKSHOP “A VOZ DO PROFESSOR”

OBJETIVOS

No final da ação, os participantes deverão ser capazes de:
- Descrever o mecanismo normal de produção da voz, sem qualquer ajuda.
- Colaborar na realização da autoavaliação da qualidade vocal e sua mensuração objetiva.
- Enumerar as atitudes que adotam diariamente para manter a voz saudável, sem qualquer ajuda.
- Descrever sete hábitos nocivos para a voz, sem consultar o manual.

Destinatários

Professores Responsáveis pelo acompanhamento dos alunos concorrentes na iniciativa 8ª edição das Olimpíadas do Conhecimento da UFP.

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICO

Módulo 1: A voz Humana

   1.1 Caracterizar os princípios da produção de voz.
   1.2 Definir os sistemas intervenientes na produção de voz.
   1.3 Apontar as principais funções da voz.

Módulo 2: A voz saudável

   2.1 A voz normal e sua importância para assegurar a eficácia
   na transmissão dos conhecimentos.
   2.2 Comportamentos de abuso/mau uso vocal.

Módulo 3: Avaliação da Voz Humana

   2.3 Quantificar as características vocais, individualmente.
   2.4 Auto-perceção do impacto da voz na qualidade de vida.

Módulo 4: Plano de saúde vocal

   4.1 Exercícios de Técnica Vocal
   4.2 Cuidados de saúde e higiene vocal

METODOLOGIA

Brainstorming. Exposição oral.
Diálogo reflexivo.
Jogo simulado e prática orientada.

FORMADORA

Professora Doutora Susana Vaz Freitas.

Licenciada em Terapêutica da Fala. Mestre em Saúde Pública. Especialista em Voz. Pós-Graduada em Disfagias Orofaríngeas. Doutorada em Engenharia Biomédica.

Terapeuta da Fala. Serviço de Otorrinolaringologia do Centro Hospitalar do Porto – Hospital de Santo António. Professora Auxiliar da Faculdade de Ciências da Saúde/Escola Superior de Saúde – Universidade Fernando Pessoa.

REALIZAÇÃO

18 de Maio de 2018, das 10h às 13h (3 horas).


CERTIFICAÇÃO

Certificação no âmbito das ações temáticas para docentes, de curta duração, de cariz científico e pedagógico, conforme despacho n.º 5741/2015, de 30 de maio.

Informação:
(i) A participação nas ações de curta duração tem como limite máximo um quinto do total de horas de formação obrigatórias (Art. 3.º).

(ii) A competência para o reconhecimento das ações é da Universidade Fernando Pessoa, através do seu Centro de Formação Contínua – ES-CEFOC.

(iii) O reconhecimento decorre da apresentação do requerimento dos interessados ao ES-CEFOC, acompanhado de documento comprovativo de presença e do programa temático da ação realizada.

(iv) O reconhecimento requer a verificação das seguintes condições:

1. A existência de relação direta, científica ou pedagógica com o exercício profissional; manifestação de rigor e qualidade científica e pedagógica; sejam asseguradas por formadores que, no mínimo, tenha o grau de Mestre.

2. O reconhecimento das ações de curta direção só pode ocorrer uma única vez na mesma ação, independentemente do formador, local ou ano de realização.

3. Não são reconhecidas ações de curta duração que se relacionem ou insiram em qualquer tipo de companha promocional ou publicitária.


INSCRIÇÃO

A inscrição é gratuita, mas obrigatória, mediante envio do “Formulário de Inscrição: Workshop” e declaração do Estabelecimento de Ensino com menção ao código de docência e à(s) disciplina(s) que o docente leciona, para o endereço olimpiadas@ufp.edu.pt.

Aconselha-se a leitura das instruções disponíveis no formulário e a sua gravação para posterior envio.